fbpx

Single Blog

Vamos à Lua de Leite após o parto?

Lua de Leite e a conexão entre pais e bebê
A Lua de Leite é momento de conexão entre os pais e o bebê

A Lua de Leite ainda não é tão popular como a já famosa Lua de Mel. Mas, assim como esta, ela também é um momento íntimo e de muita conexão. Porém, ao invés de apenas o casal, inclui o bebê como ator principal.

Desse modo, a Lua de Leite é o momento em que, depois do parto, os componentes da família se conhecem e se tocam, estabelecendo essa nova relação e aprendendo com o desconhecido.

Faz sentido, então, que os pais queiram estar a sós com o seu bebê nos seus primeiros dias de vida, não é mesmo?

Não é só uma questão de proteger o organismo ainda frágil do recém-nascido. É também sobre estabelecer os vínculos de cuidado, carinho e rotina. Em resumo, a privacidade da família fortalece a segurança do bebê em seus primeiros dias de vida fora do útero.

Como conseguir essa privacidade

Em nossa cultura, é muito comum que familiares e amigos queiram visitar o bebê logo após o seu nascimento. No entanto, a escolha da família deve ser respeitada em primeiro lugar.

Inclusive, é também sobre respeitar a necessidade de repouso da mulher que passa pelo puerpério durante a Lua de Leite.

Por isso, é importante já avisar desde a gravidez sobre esse desejo. Mas esse desejo deve vir acompanhado do motivo, para que as pessoas possam compreendê-lo melhor e, assim, apoiar a decisão.

Uma boa dica é, de fato, contar com o auxílio de uma rede de apoio. Eleja aquelas pessoas que vão dar o suporte necessário durante esses dias, seja para manter a casa funcionando ou até mesmo para ser ouvinte.

Nossas recomendações para a Lua de Leite

De acordo com a metodologia que propomos, Nossos Laços, sugerimos que a família siga a orientação abaixo durante o período da Lua de Leite:

  • Evitar o uso excessivo de tecnologia;
  • Os cuidados ao bebê devem ser feitos pelos pais ou por quem escolherem;
  • Lembrar que a rede de apoio é para apoiar na estrutura do lar ou para o que o casal precisar;
  • Reduzir as visitas, ao menos no primeiro mês de vida do bebê;
  • Viabilizar os 30 dias de pouco contato externo, uma vez que facilita a conexão da nova família que se inicia;
  • Lembrar de praticar o exercício da conexão com o bebê para fortalecer os laços;
  • Utilizar a playlist da gestação durante o pós parto.

Caso sinta que precisa de mais informações, entre em contato com a gente para que possamos contribuir com a sua jornada.

 

Se desejar, você pode saber mais sobre o Nossos Laços a partir da leitura dos textos abaixo:

Momento de mudanças para o método Nossos Laços

Pré-natal emocional torna gravidez mais leve

Qual o meu papel como renascedora?

Comments (0)

Post a Comment

Salvador-BA Rua José Peroba, 1559 Ed. Elite Comercial, Sl 1305 – Stiep 71-99287-1922 WhatsApp contato@anailzameirelles.com.br © Copyright 2018 - by Jeane Marilá